segunda-feira, 30 de dezembro de 2013

Um Amigo, Uma Receita com... Almerinda Bento

Tarte de limão merengada


INGREDIENTES:
Para a Massa:
200grs de farinha
100 grs de manteiga
50 grs de açúcar
1 colher de sopa de vinagre
1 gema
Para o Recheio:
3 gemas
170grs de açúcar
2 colheres de sopa de maizena
água qb para diluir a farinha
300 ml de leite
raspa e sumo de 2 limões
Para o Merengue:
3 claras
90 grs de açúcar

CONFECÇÃO:
Misturar todos os ingredientes da massa com a ponta dos dedos
Fazer uma bola e deixar repousar durante 30 minutos. Estender a massa numa tarteira e levar a cozer em forno médio.
Para o creme: misturar todos os ingredientes num tacho (gemas, açúcar, leite, limões e Maizena desfeita na água. Levar ao lume até engrossar sem parar de mexer. Quando levantar fervura retirar do lume e deitar dentro da tarte.
Para o merengue: bater as claras em castelo com o açúcar. Poderá juntar-lhe umas pedrinhas de sal e cobrir a tarte com este preparado.
Vai ao forno 10m.


Trouxas de espinafres, grão e requeijão

Num copo grande tritura-se (eu não tenho robôs nem essas maravilhas das cozinhas modernas e por isso usei a minha varinha mágica) grão cozido, folhas de espinafres cruas, um requeijão (a receita original do Jamie Oliver falava em queijo feta que eu não tinha, mas entretanto tinha um requeijão e usei-o), a raspa de um limão, sumo de meio limão e uma colher de chá de paprika. Acrescentei ainda um pouco de sal e pimenta moída. 
Quando se obtiver uma mistura homogénea e consistente está na hora de colocar uma colherada dentro da massa filo que entretanto foi cortada em quadrados. Levantam-se as pontas do quadrado de massa com o recheio lá dentro e dá-se uma torcedela com as ditas pontas da massa para fazer as trouxas. 
Numa frigideira que possa ir ao forno, pincela-se o fundo com um pingo de azeite, fritam-se as trouxas durante alguns minutos para que as bases fiquem estaladiças e de seguida vão para o forno até ficarem douradas e estaladiças.  

Servi com uma salada de alface, rúcula, tomate, nozes, cebola e temperei com limão, azeite, sal marinho e manjericão e mel de urze. 
Delícia!


Nota: Para quem tem «Jamie Oliver Refeições em 15 Minutos», confrontar com a receita da página 230.

Almerinda Bento

terça-feira, 24 de dezembro de 2013

Experiências na Cozinha: "Receitas Que Fazem Sonhar"



Já tinha este livro há algum tempo cá em casa e umas sobras de peixe no forno foram o motivo para experimentar um prato dos muitos que me estavam a abrir o apetite deste livro tão singular!

Este livro lembra-me a rubrica que há neste blogue intitulada Escritores na Cozinha, já que a Quinta Essência juntou, e bem, algumas receitas que algumas escritoras desta editora costumam fazer no seu dia a dia: Trisha Ashley, Barbara Breton, Melissa Hill, Michelle Holman, Chryl Holt, Elizabeth Hoyt, Michelle Jackson, Eloisa James, Nicole Jordan, Cathy Kelly, Anna MacPartlin, Teresa Medeiros, Patricia Scanlan, Sherry Thomas e Menna Van Praag. Uma ideia muito gira, que partilho com vocês.

Com algumas adaptações fiz a receita de Anna MacPartlin. Tarde de Peixe 
tipo sheperds pie, que entre nós é nada mais nada menos que um empadão. Como manda a receita fiz puré (na bimby, claro!) e reservei. Com restos de peixe cozido, cenoura ralada, alho francês cortado finamente, pimento vermelho cortadinho, ervas e queijo (de soja porque o meu filhote mais pequeno é alérgico) fiz o recheio da tarte/empadão.

Eis as fotos que tirei antes de chamar os miúdos para jantar... Não sobrou nada, para variar! Acompanhámos com uma salada de alface e tomate.






terça-feira, 10 de dezembro de 2013

Escritores na Cozinha com... Paula de Sousa Lima

Feijoada de atum

Ingredientes
- cebola
- cogumelos (laminados)
- tomate (aos cubos)
- feijão (cozido ou de lata)
- atum (de lata)

Preparação
Refoga-se a cebola, incorpora-se os cogumelos e depois o tomate. Tempera-se com sal, piri-piri e cravinho. Acrescenta-se o feijão e o atum. Não leva mais de 5 a 10 minutos em lume brando.
Acompanha-se com arroz branco.


Mas Deus não dá licença que partamos

Sinopse
A Ilha é um espaço de clausura, e os seus habitantes metáforas da humanidade. Entre o fantástico e o mais cru realismo se vão tecendo vidas que são símbolos da diversidade da vida. O tempo da guerra e da ditadura restringe existências que já de si são restritas, inscrevendo-se num tempo circular que está prestes a consumar-se.
Não é possível escapar ao fado, este que a Viúva do Dono da Ilha não reconhece quando chega o jovem que desposará. O menino nasce com os olhos vazios, marca do castigo. Há outros sinais, que ninguém percebe antes de chegar o tempo determinado. Mas os desígnios trágicos são incontornáveis, o reconhecimento chegará, eles hão-de pagar pelo pecado que não tiveram culpa de cometer.
A Ilha é do mar, o seu destino é recuperá-lo.

Paula de Sousa Lima

terça-feira, 3 de dezembro de 2013

Experiências na Cozinha: "Chocolate e Sobremesas"

Bolo de Limão

Experimentei no fim de semana o Bolo de Limão deste livro... Para quem gosta do travo do limão, este bolo é perfeito! Húmido e muito gostoso! Fácil de se fazer.

Adaptei-o à Bimby. Misturei 3 ovos inteiros com 40 gr de açúcar, 175 gr de manteiga amolecida e a raspa de um limão durante 30 seg, vel. 6.

Depois juntei 175 gr farinha com fermento, uma colher de sobremesa de fermento e 5 gr de sal, 15 seg, vel. 2,5.

Coloquei a massa numa forma untada. Foi ao forno a 180* durante 25 m.

Olhem como ficou:

O livro tem receitas fáceis e apelativas para as crianças fazerem com a ajuda dos pais. Uma boa forma de começarem a tomar gosto pelo mundo da culinária! Coloca-se em pé o que facilita muito.
Uma boa prenda para este Natal!