sábado, 25 de dezembro de 2010

Roupa Velha



Desde que me lembro que o almoço no dia de Natal é "Roupa Velha" e, desde que me recordo também, que prefiro o bacalhau assim em vez do tradicional "Bacalhau  Cozido"... É simples, muito fácil e delicioso.
Serve de aproveitamento dos restos do bacalhau da Consoada... Eu fiz de propósito já que, este ano, comemos outro bacalhau no forno com batatas com casca, castanhas e couve.
E fiz assim:
Cozi batatas, cenouras, bacalhau, couves e ovos.
Fiz um bom refogado com azeite, cebola e alho. Parti as batatas e as cenouras aos bocadinhos. Desfiei e tirei as espinhas ao bacalhau e cortei as couves em pedaços mais pequenos.
Deitei os ingredientes todos para o tacho, envolvi bem no refogado e no fim temperei com vinagre. Et voilà!

Doce de maçã reineta


Este doce é escolhido por mim nesta época natalícia porque como tem a maçã reineta consegue cortar um pouco o doce do leite condensado... e os outros doces desta época natalícia!
É rápido de fazer desde que se coza a maçã atempadamente e se deixe esfriar... É muito bom!
E fiz assim:
Assei 8 maçãs reinetas grandes e inteiras com casca e um pouquinho de açúcar, depois de lhes ter tirado o caroço. TIrei as cascas e desfiz com um garfo a polpa. Deixei escorrer o suco das maçãs que se vai formando.
Ralei 1/2 pacote de bolacha Maria.
Num tacho juntei 1 lata de leite condensado, a mesma lata de leite e 6 gemas, mexi, levei a lume baixo até engrossar, mexendo sempre. Deixei arrefecer.
Bati as claras em castelo bem firme, deitei 2 colh. de sopa de açúcar e envolvi um pacote de natas batidas em chantilly.
Num pirex fundo, dispus camadas alternadas de maçã, creme, chantilly e bolacha ralada.Repeti as camadas e foi para o frio.

sexta-feira, 24 de dezembro de 2010

Frango no saco


Aqui à tempos deram-me um embalagem da Maggi de Frango com ervas, mas como cá em casa um frango não chega para uma refeição, ficou à espera de dias melhores, ou seja, de menos gente sentada à mesa... E quando os dois mais novos foram acampar com os escuteiros, o fim de semana passado, lá saiu a embalagem do armário para experimentarmos se, afinal, sempre valia a pena!
E fiz assim:
Parti o frango em pedaços (porque é que não pedi no talho para o partir?!), coloquei dentro no saco que vem dentro da embalagem, fechei-o, abanei-o, coloquei-o num pirex e forno com ele...Uff!!! Foi tão difícil...Rápido e bom.

domingo, 12 de dezembro de 2010

Bolo de banana


O meu filho mais pequeno é alérgico ao leite e ao ovo, entre outras coisas...o que torna difícil confeccionar qualquer coisa no que respeita a bolos e afins. Principalmente o ovo é de muito difícil substituição...
Este bolo é um dos poucos que fica delicioso, nada "enqueijado" e cá em casa todos gostam! A banana com canela e açúcar cristal por cima torna-o muito cheiroso e apetecível.
E fiz assim:
Bati bem 1 cháv. de açúcar com 2 colh.  de sopa de manteiga de soja, bem cheias. Alternadamente, juntei 2 cháv. de farinha com 1 colh. sopa de fermento em pó e 1 1/2 de leite de soja e deixei bater bem.
Num tabuleiro untado deitei esta massa. Por cima, coloquei rodelas de banana em toda a superfície, açúcar e canela em cima da banana.
Forno até estar cozido. E o cheirinho espalhou-se!!!

Pescada com açafrão


Este é um dos pratos rápidos que faço algumas vezes. Não tem ciência nenhuma e o rei é mesmo o açafrão...
E fiz assim:
Deixei descongelar lombos de pescada e temperei-os com um pouquinho de sal e sumo de limão. Num pirex dispus o peixe e por cima rodelas de alho fatiado.Peguei no frasco do açafrão e deitei por cima do peixe uma quantidade generosa! Reguei com um fio de azeite. Coloquei no forno tapando com uma folha de alumínio até estar quase pronto, altura em que a retirei, para acabar de assar. É rápido.
Acompanhei com arroz branco, feito com um refogado de azeite, cebola e bastante alho.
O molho que se cria no peixe é óptimo para regar o arroz ou, também, batatas assadas com casca. Um conselho: deixem descongelar o peixe porque senão o molho fica muito aguado...
Gostam muito cá em casa!

quarta-feira, 8 de dezembro de 2010

Bolo Mármore


Esta receita é tão velhinha! Deve ter sido uma das primeiras que copiei para um dos meus cadernos de receitas mas é muito saborosa e fofa. Cá em casa gostam muito ou não tivesse ela chocolate!
E fiz assim:
Bati 4 gemas com 250 gr de açúcar muito bem. Juntei 100 gr de margarina derretida e, depois, 2 dl de leite. Acrescentei aos poucos 250 gr de farinha onde misturei previamente 1 colh de sopa de fermento. Deixei bater muito bem. Envolvi as claras em castelo. Separei um pouco de massa para uma taça e juntei um pouco de chocolate em pó, mexi. Numa forma untada, coloquei alternado as duas massas.
Foi para o forno, a 180º, até estar pronto.

Rolo de carne


Existem muitas maneiras de fazer rolo de carne. De todas as vezes que o faço ponho um ingrediente diferente para experimentar...Em quase todos eles junto uma sopa de cebola Knorr. O que não se faz com estas sopas, não é?
E fiz assim:
Juntei bem com a carne uma sopa de cebola, alho e salsa em pó e um pouquinho de sal. Formei um rolo e envolvi-o em pão ralado onde adicionei previamente alho e salsa em pó. Pus num tabuleiro, juntei um pouco de azeite, margarina e vinho branco. Tapei com folha de alumínio e só a retirei quase no fim da cozedura para tostar a carne por cima.

Mousse de café deliciosa


Não bebo café. Mas adoro, ou melhor, adorava beber quando o podia fazer... por isso esta mousse caiu do céu, direitinha para as minhas papilas gustativas, que gostaram do presente! Possui um travo ligeiro a café e até as crianças gostaram. Quem quiser pode fazer um pouco mais forte mas assim parece-me suficiente. A taça ficou limpinha num instante! E ficou a promessa: vou fazê-la para o Natal.
E fiz assim:
Misturei 5 folhas de gelatina incolor em 2 cafés cheios e bati bem com uma vara de arames. Juntei este preparado a uma lata de leite condensado (pode ser uma do Lidl que é maior). Bati 2 pacotes de natas frias muito bem e, depois juntei à mistura anterior, envolvendo muito bem. Vai ao frigorífico, de preferência de um dia para o outro. O gosto a café poderá ser mais forte ou não dependendo da quantidade de água que puserem no mesmo.
É uma delícia e muito rápida de fazer!

domingo, 5 de dezembro de 2010

Tortilha com tudo o que houver...


Ora bem! Abri a porta do frigorífico e encontrei quatro batatinhas cozidas com casca solitárias... Que fazer com elas? E que tal uma tortilha?

E fiz assim:

Numa frigideira  coloquei um pouco de azeite, cebola e alho picados. Deixei refogar. Numa taça juntei 6 ovos, sal, bati bem. Acrescentei as batatas descascadas e cortadas em pedacinhos, ervilhas cozidas, rebentos de soja, tomates cereja cortados ao meio e queijo fatiado também cortado aos bocados. Deitei esta mistura na frigideira e, em lume baixo, deixei cozinhar lentamente. Depois deitei-a para um prato e voltei a colocá-la na frigideira, desta vez do outro lado, para tostar.
E pronto!

Feijão preto delicioso.


E quando temos um pouco de arroz branco mas não é suficiente para uma refeição de cinco pessoas? Seis, se considerarmos que há um homenzinho cá em casa que come por dois...literalmente!
Nada melhor que este feijão delicioso.
E fiz assim:
Na wok refoguei cebola e alho picado em azeite. Juntei, depois, bacon partido aos bocadinhos (compro embalagens com ele já cortado e ponho no congelador). Mexi e deixei o bacon apurar. E aqui vai o segredo: abri duas latas de feijão preto, de preferência Compal, com o molho interior todo, juntei à wok, deixei aquecer bem.
Às vezes ponho tomate pelado...mas não foi o caso deste. Uma delícia!

quinta-feira, 2 de dezembro de 2010

Alho Francês à Brás

Mais simples que isto não há! É perfeito para os dias em que não temos nada descongelado e repousa no nosso frigorífico um alho francês solitário... Fica muito bom e gosto especialmente do crocante que se sente ao degustar este prato.
E fiz assim:
Coloquei no fundo da Wok um pouco de azeite, cebola picada e alho fatiado. Lume forte. Cortei o alho francês às rodelas e juntei ao azeite e ao alho. Juntei, de seguida, um pacote de batatas palha e envolvi bem. Bati 6 ovos e envolvi.
Sai direitinho da wok para o nosso céu da boca...hum!!!
Feito em 29/11/2010.

Bolo de Chocolate Guloso

Levantei-me de rompante e fui para a cozinha "copiar" este bolinho do blog "Está vento" e fui buscar a máquina para esta delícia não ficar, como tantas outras, esquecida no fundo destas barrigas de gulosos que cá tenho em casa!
E fiz assim:
Tudo para dentro da batedeira, por esta ordem: 5 ovos, 2 chávenas de açucar, 1/2 cháv. de óleo, 100 gr chocolate em pó, 2 cháv. de farinha misturada com 1 colh. cha de essência de baunilha, uma de fermento e uma de bicarbonato. No final, depois de tudo bem batido, junta-se 1/2 cháv. de água morna.
Coloquei num tabuleiro untado e foi ao forno +- 30m a 180*...
Espalhei açucar refinado por cima.
Ficou uma delícia e muito fofinho!
Feito em 28/11/2010.

quarta-feira, 1 de dezembro de 2010

O princípio.

A minha incursão pelo mundo dos blogs começou com o meu gosto de anotar as receitas que me faziam "salivar"... e embora não comentando os blogs que me levavam a outros mundos e outros paladares, passei muito tempo a passear nessas terras de sabores intensos, doces e salgados! Mas a minha paixão pela leitura levou-me a criar um blog de e sobre livros antes de pensar em fazer um de tachos, cheiros e sentidos...
Finalmente decidi-me!
O meu blog sobre livros já caminha um pouco sozinho e, com tal, posso dedicar-me, um pouco, a outra coisa que gosto de fazer, de quando em vez, e onde liberto a minha vontade de experimentar e inventar novos pratos.
"O tempo entre os meus livros" estava para ser um blog de livros com um apontamento de culinária, de vez em quando, porque é também à volta dos tachos que passo o tempo que me sobra das minhas leituras, mas fui pondo posts de livros e a culinária foi ficando para trás... tanto mais que me fui esquecendo de tirar as fotos dos petiscos que fiz!
Mas, agora está decidido!
Aqui vem ele: O tempo entre os meus tachos !!! que também poderia ser apelidado de "E assim fiz"...